Série Figurinistas: Helena Gastal


“Tem que ter catigoria”, dizia Camila Pitanga no papel da prostituta Bebel na novela Paraíso Tropical, lembram-se?

Eu adoro figurino de TV e quando pensei em fazer uma série sobre figurinistas que ajudaram a construir a imagem da moda brasileira em novelas, filmes e miniséries, não deu outra. Adoro o trabalho da Helena Gastal, figurinista que vamos falar hoje.

Helena nasceu no Rio de Janeiro, começou a faculdade de psicologia, mas logo trocou pela publicidade, trabalho que faz jus ao talento de hoje. Seu primeiro trabalho na TV Globo foi em “Malu Mulher”, como assistente de Marília Carneiro. Veja post que fizemos sobre Marília aqui.

Helena, com todo o seu dom, virou queridinha do autor de novelas, Gilberto Braga. Todas as novelas do autor, tem dedinho de Helena. Em “Vale Tudo”,Gastal produziu os looks incríveis de Maria de Fátima (Gloria Pires) e Odete Roitman (Beatriz Segall). Em “Paraíso Tropical”, produziu as gêmeas encarnadas por Alessandra Negrini e a prostituta feita por Camila Pitanga, claro, entre todos os outros personagens e figurantes.

E quem se lembra de Malu Mader como Maria Clara Diniz em “Celebridade”? Os terninhos que a atriz usou em cena, foram vendidos como água em todas as lojas de departamento.

Helena tem um estilo na hora de produzir uma novela que adoro. Mistura o clássico e a tendência da estação sem ficar passado. Atualmente assinando o figurino da novela “Insensato Coração”, Gastal prova que sabe das coisas…Todas as peças usadas por Pitanga e o resto do elenco feminino, vira moda, modinha!

Acredito que grande parte do lucro têxtil do Brasil se deve aos figurinistas, isso sim!
Gastal, sou seu fã…beijos Modeletes

Série Figurinistas: Marília Carneiro


Olá Modeletes,
Prometi e cá estou com a série figurinistas…Ando apaixonado por esta profissão e quero mostrar para vocês os mais legais produtores de figurino da televisão e dos filmes.

Vou começar pela diva dos armários da TV Globo, Marília Carneiro.

Marília nasceu no Rio de Janeiro e trabalha com figurino há 38 anos. Estudou História da Arte e Filosofia nos anos de graduação. Na década de 60 trabalhava para um boutique onde foi descoberta pela atriz Dina Sfat, depois do achado, não parou.

O seu jeito engraçado, dinâmico e totalmente inovador cativa convites de diversos autores hoje conceituados para assinar o figurino de suas produções televisivas. Marília trabalhou para novelas de sucesso como: ” Caras e Bocas”, Tititi (1° versão e 2°), “Gabriela”, “O Dono do Mundo”, “O Clone” e vestiu a inesquecível Julia Matos (Sônia Braga) na novela Dancin Day’s e trabalhou também para seriados como “Malu Mulher” e “Anos Rebeldes”

No livro “Entre Tramas, Rendas e Fuxicos” que a Rede Globo reuniu os maiores figurinistas das novelas e séries da emissora, Marília mostra o quão é inteligente. Há uma frase que hoje não sei de cabeça mas diz que um vestido básico com acessórios certos pode virar roupa de festa e ao mesmo tempo de velório. Eu adorei.

Entre os personagens de Marília que ditaram moda fora da TV, além de Julia Matos, são: Dafne – Caras & Bocas (Flávia Alessandra) moderna, usa looks negros com detalhes high-tech, Darlene – Celebridade (Deborah Secco) usando meias coloridas, saias plissadas e sandálias com salto de madeira, Jade – O Clone (Giovanna Antonelli) cheia de lenços coloridos e maquiagem forte delineando os olhos, Jaqueline – Tititi (Claudia Raia) com looks fashionistas, pulseiras em todo o braço e salto alto e por último, Malu – Malu Mulher (Regina Duarte) representando a mulher guerreira, usava blusas de malha e saias de cintura alta, juntando a transição dos anos 70 para os 80.

O que eu acho mais legal da carreira de Marília, é que até hoje, usa alguns métodos que hoje as pessoas não dão muito valor. Há 30 anos atrás muitos figurinistas faziam colagens de imagens de moda, desfiles, buscando uma inspiração. Hoje com o Powerpoint, Photoshop, e Corel, muitos esboçam croquis e já fazem uma roupa para o personagem, sem fazer essa peneira que Marília usa e eu acho sensacional.

Para conhecer mais sobre Marília, não deixe de ler o livro ” No Camarim das Oito” onde a figurinista conta tudo sobre esta profissãom incrível.